4 de maio de 2016
QUEM SABE AINDA SOU UMA GAROTINHA
menina-da-mochila-amarela

Pai,   Hoje eu sei que não sou uma "super crente". Desci do pedestal espiritual. Demorou, mas percebi que não tenho uma fé tão grande quanto imaginava e que, assim como Pedro, sou capaz de te negar até mais de três vezes. Por caminhos silenciosos, aprendi que, por mim mesma, não sou merecedora de nada, e que a minha dedicação e zelo em templos construídos por mãos humanas não são capazes de comprar a tua presença.   Jejuns e orações prolongados, ainda que secretos, se vem a nos ensoberbecer, afastam o teu Espírito, ao invés de atraí-lo.   Sou pequena, menor do que poderia supor, e totalmente dependente do mínimo sopro da tua boca.   Já aprendi que tu me amas, não por mim ou por meus atos, mas porque sou uma com o teu amado, Jesus Cristo. Por isso, não questiono e nem busco mais alcançar a tua aceitação. Mas é fato: Necessito de ti para que o meu ...