2 de novembro de 2012
FRUTIFIQUE NO DESERTO
9137arvore1

Existem dias, momentos ou fases de nossas vidas em que olhamos ao nosso redor e só enxergamos nuvens e densas trevas.   O sol insiste em não nascer e andamos por cima dos destroços dos nossos sonhos. Em volta de nós tudo está assolado e, olhando para dentro, encontramos os nossos mais íntimos desejos secos e murchos.   Experimentamos, então, a essência da palavra DOR e um verdadeiro luto toma conta do nosso coração.   Porém, aquele que confia no SENHOR e cuja esperança é o SENHOR, não receia, não murcha, não se perturba, nem se torna infrutífero, mesmo na sequidão... Essa é uma das grandes diferenças de sofrer na presença de Deus e de atravessar um deserto sozinho...   Em uma fase muito ruim da minha vida, na qual JESUS ainda não era o meu ÚNICO SENHOR E SALVADOR, a depressão tomou conta de mim e um trecho de uma música de Zélia Duncan costumava vir à minha ...

9 de janeiro de 2012
OS PASTORES E AS PALMEIRAS
canarienses_small

Em Israel existe um tipo de palmeira chamado tamareira. Essa árvore, que atinge até 30 metros de altura, se adapta muito bem às regiões desérticas por possuir raízes profundas que conseguem extrair água do subsolo quando a superfície está totalmente seca.   Mesmo em meio às tempestades de areia a tamareira consegue frutificar por até 200 anos, e independentemente dos fortes ventos ela não inclina... Se mantém firme e ereta na direção do céu.     O fruto da tamareira é calmante, altamente energético e nutritivo, capaz de sustentar o homem por longos períodos... Por esses motivos, essa árvore é tão importante para as pessoas daquela região, sendo citada diversas vezes na Bíblia e tendo inspirado o formato das atuais ilhas artificiais de Dubai.     A exemplo das palmeiras de Elim citadas em Números 33:9, vemos que essas árvores compõe os oásis e fornecem o descanso que ele representa. Suas folhas cobrem as tendas na festa de Tabernáculos (Levítico 23:40), ...

24 de outubro de 2011
IDE!
ide-e-pregai

Antes de me tornar uma leitora assídua da Palavra de Deus, ficava imaginando como pessoas que já estão no Evangelho há muitos anos ainda continuam lendo e relendo a Bíblia... Hoje entendo perfeitamente, pois ela é um livro que nunca acaba.   O que quero dizer é que você já pode ter lido a Bíblia inteira muitas vezes, mas o Espírito sempre lhe traz revelações diferentes e ministra sobre elas em seu coração.   Mesmo sabendo disso, às vezes, quando peço ao Pai uma palavra e abro a Bíblia num trecho conhecido, ousadamente digo: "Pow, Deus! De novo isso?" Mas, quando percebo, já estou molhando as páginas com lágrimas, pois naquele trechinho conhecido, batido e objeto de "resmungo", o Espírito me revela detalhes, e é exatamente aí que está a chave para compreender o Senhor... nos detalhes da sua Palavra.   Como tu és lindo, Pai!   Dito isso, há alguns detalhes em Marcos 15 e 16 que ...