24 de junho de 2016
Recado de São João
bandeirola

É muito difícil falar de pecado no mundo de hoje, no qual somos estimulados a dar vazão às nossas vontades em nome do nosso "direito de ser feliz".   Então, se não há limites e não há pecado, torna-se impossível falar de arrependimento diante de Deus. E se não há do que se arrepender, também não há por que temer o nosso destino na eternidade, afinal, "o Deus compreensivo e amoroso não me conduzirá a outro lugar senão o paraíso".   Normalmente, então, pulamos todas estas etapas e falamos diretamente de Jesus e muitos o aceitam por saberem que Ele é o detentor das bênçãos ou simplesmente da paz que precisam para suas vidas.   Diante disso, eu me pergunto: Por que Deus enviou João Batista, antes de Jesus, a pregar o arrependimento?   Será que é possível compreender Jesus de uma forma PROFUNDA sem um coração arrependido?   Por que é preciso arar e preparar a terra antes de ...

4 de maio de 2016
QUEM SABE AINDA SOU UMA GAROTINHA
menina-da-mochila-amarela

Pai,   Hoje eu sei que não sou uma "super crente". Desci do pedestal espiritual. Demorou, mas percebi que não tenho uma fé tão grande quanto imaginava e que, assim como Pedro, sou capaz de te negar até mais de três vezes. Por caminhos silenciosos, aprendi que, por mim mesma, não sou merecedora de nada, e que a minha dedicação e zelo em templos construídos por mãos humanas não são capazes de comprar a tua presença.   Jejuns e orações prolongados, ainda que secretos, se vem a nos ensoberbecer, afastam o teu Espírito, ao invés de atraí-lo.   Sou pequena, menor do que poderia supor, e totalmente dependente do mínimo sopro da tua boca.   Já aprendi que tu me amas, não por mim ou por meus atos, mas porque sou uma com o teu amado, Jesus Cristo. Por isso, não questiono e nem busco mais alcançar a tua aceitação. Mas é fato: Necessito de ti para que o meu ...

11 de outubro de 2015
O AGIR INVISÍVEL DE DEUS
hqdefault

Algo tem movido meu coração nos últimos dias: O trabalhar invisível de Deus. Isto porque tenho experimentado como é difícil enfrentar alguns desafios que parecem não fazer sentido nenhum.   Há problemas em que conseguimos enxergar um ensinamento ou alguma espécie de proveito futuro e isso, de alguma maneira, consola quem deseja ser edificado em Deus. Já outros parecem ter a finalidade exclusiva de nos machucar, e encará-los face a face não é nada bom.   Mas o trabalhar oculto de Deus na vida de Jacó me fez entender esse tipo de situação por um outro ângulo. Tal como eu, talvez ele tenha se perguntado que lição ou benefício poderia advir de algumas dores: a morte de seu filho mais querido e a fome que enfrentou em sua terra. Ao final, porém, ele percebeu que tudo fazia parte de um plano grandioso do Senhor, o qual não tinha a finalidade de o maltratar, mas ...

3 de maio de 2015
ANTES DE DECIDIR
Decidir

Tomar a decisão certa nem sempre é fácil. Em alguns momentos de nossas vidas somos surpreendidos por notícias não muito agradáveis, colocados em situações complicadas ou mesmo confundidos por nossos próprios pensamentos e desejos. Nos sentimos angustiados e qualquer das direções a tomar não parece muito animadora.      Pelos relatos bíblicos, creio que José sentiu-se assim quando Maria lhe contou que estava grávida pelo Espírito Santo. Fico imaginando quantas expectativas de José foram frustradas por esta notícia e o quanto decepcionado ele ficou.   Em Mateus 1:19 a Bíblia conta que aquele homem, sem querer mais estar com Maria, provavelmente por acreditar que ela o havia traído, também não queria difamá-la. Por esta razão, RESOLVEU deixá-la secretamente. Assim, todos pensariam que ele era o pai da criança e a má fama e julgamentos recairiam sobre ele. José, contudo, não agiu precipitadamente nem se deixou levar pelo calor da emoção. Apesar de já estar decidido ...

12 de agosto de 2014
BRAÇADAS ESSENCIAIS
Natacao

Durante muito tempo acreditei que eu era incapaz de praticar qualquer esporte ou atividade física... Ainda muito nova percebi que eu era descoordenada para dançar, o que me fez abandonar as aulas de jazz. Também não emplaquei na capoeira, no vôlei e não era boa sequer no baleado ou pulando elástico.   Já adulta, me matriculei em dezenas de academias... Fiz também boxe, spinning e tentei correr, mas nunca consegui acelerar por mais de 5 minutos. Comprei uma bicicleta ergométrica e ela virou cabide... Muitos anos depois passei 10 meses pagando um elíptico e repeti a dose. Nem ao menos uma simples caminhada eu conseguia manter com regularidade. Nada disso me dava prazer ou ao menos sensação de bem estar e eu cheguei a pensar que meu corpo era incapaz de produzir a tal endorfina após a prática de exercícios.   Foram vários anos de frustração, mas como eu sou muito insistente, resolvi fazer ...

Página 1 de 812345...Última »